Skip to main content

Portugal está em alta nas preferências dos brasileiros que querem morar fora do Brasil, antes e após a pandemia. Devido principalmente as melhores condições de vida, saúde e estudo, o país lusitano é almejado anualmente por milhares de pessoas que visam conquistar suas cidadanias portuguesa e se tornar um cidadão europeu.

Durante a pandemia de COVID-19, Portugal foi exemplo no continente europeu com medidas restritivas rígidas e que ajudaram o país a minimizar o número de mortes de seus cidadãos. Lisboa, a capital do país, ilustra bem essas medidas. Conhecida mundialmente pela agitação e forte turismo, esteve com suas ruas praticamente vazias por meses.

No entanto, você sabe como está Portugal após a pandemia? Vamos entender um pouco do impacto na economia e hábitos dos portugueses.

Retorno do turismo.

Já em meados de 2020, Portugal recebeu do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC), o selo de “Safe Travels” em função das medidas de contenção contra o COVID-19. Sendo o primeiro país europeu a receber este reconhecimento, a iniciativa teve como intuito a restauração consciente do turismo mundial, concedendo este selo aos países que realmente respeitam as medidas de higiene e segurança impostas pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Este selo, associado ao reconhecimento mundial do bom trabalho realizado em Portugal, ajudou o país a restaurar seu turismo de forma mais ágil que outros países do continente europeu. Hoje o país segue aberto para o turismo, porém com algumas restrições: a apresentação de um teste PCR negativo realizado até 3 dias antecedentes a apresentação do mesmo, assim como outros testes antígenos, ou do cotonete, para acessar determinados locais: restaurantes, hotéis, etc.

Economia de Portugal pós pandemia.

A economia de Portugal sofreu forte impacto na pandemia de COVID-19. Isso porque em 2020, o Produto Interno Bruto (PIB) do país registrou uma queda de 7,6%, chegando a incríveis 16,4%. O número de portugueses em situação de desemprego ultrapassou o número de 350 mil cidadãos, chegando a 7,2%.

No entanto, o país já começa a apresentar uma recuperação na sua economia, grande parte disso em função da retomada do turismo. O Banco de Portugal, através de uma matéria no Jornal Econômico, estimou um crescimento de 4,8% na economia do país até o final de 2021.

Vacinação em Portugal.

Na última extração de dados do Our World in Data, estudo realizado pela Universidade de Oxford, revelou que Portugal é o segundo país na lista de evolução da população vacinada. Cerca de 88% dos portugueses já estão com vacinação completa.

Os outros países que completam o topo desta lista são os Emirados Árabes Unidos, com 97% da população vacinada e Cuba em terceiro lugar com pouco mais de 64% dos cubanos com vacinação completa e 87% parcial.

Novos hábitos dos portugueses

Diferente do Brasil, em Portugal o home office já fazia parte de uma parte dos trabalhados do país. No entanto, com a pandemia esse sistema foi potencializado inicialmente pela necessidade e após se manteve pela tendência global pelo sistema híbrido e out-office.

Esse novo sistema de trabalho, também possibilitou que os portugueses escolhessem com mais flexibilidade suas moradias, impactando positivamente na economia local de regiões mais afastadas dos grandes centros, além das áreas rurais do país.

Outros hábitos em Portugal que seguiram o padrão de outros países ao longo do globo foi a digitalização de ações realizadas majoritariamente pessoalmente, como consultas médicas, estudar e trabalhar, assim como potencializou outras formas de atuação de estabelecimentos, como o caso dos estabelecimentos gastronômicas que evoluíram seus sistemas de delivery.

Torne-se um cidadão português.

Seja antes ou após a pandemia, Portugal continua sendo uma excelente opção pra quem procura qualidade de vida e se tornar um cidadão europeu. Se você tem alguma dúvida sobre o processo de cidadania, ou precisa de auxílio pra agilizar seu procedimento, entre em contato com nosso time de especialistas e nós te acompanharemos em toda sua jornada rumo à cidadania portuguesa!

Leave a Reply

Fale Conosco